Banner
Contador de Visitas
516420


"Get the Flash Player" "to see this gallery."
PARTILHA DO PÃO E A LIÇÃO DO SERVIÇO 
 
 
 A Quinta-feira Santa  marca a Instituição da Eucaristia e do Sacerdócio. Foram estas as duas grandes realidades celebradas no início do Tríduo Pascal.
 
A celebração foi organizada pela Catequese, coordenada pela Regina e pela Neuza, que, juntamente com todas as demais catequistas, a Ir. Helena, Marília, Santina, Ivone, Natália, Eliana, Mariana e Raquel, não mediram esforços para organizar bem este momento de fé. Para dar mais harmonia à celebração estava presente a equipe do Paulinho e da Sabrina, com os coroinhas, que deram ao ambiente  um rosto de mais juventude, alegria e fé.
 
Na procissão de entrada estavam todas as crianças que iam participar do Lava-Pés, leitores, ministros e o celebrante, Pe. Mário Pizetta. Após a proclamação das leituras, feitas pelas crianças, o celebrante, em sua reflexão, lembrou o significado da Ceia do Senhor: a Eucaristia é o ato mais alto que o cristão pode fazer.
 
Lembrou que toda vez que fazemos a Eucaristia, estamos proclamando a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus.
 
Após a homilia  aconteceu o Lava-Pés, onde foram chamadas 12 crianças. Seis que haviam feito a 1ª Eucaristia em 2016 e seis que estavam na Catequese. O gesto do celebrante de lavar os pés e beijá-los significa a atitude que todo discípulo precisa ter em sua missão: servir. 
 
"Aquele que entre vós quiser ser o maior seja aquele que serve. Depois do Lava-Pés, Pe. Mário abençoou 12 pães e os entregou às crianças que haviam participando do Lava-Pés.
 
A missa teve sequência com o ofertório, onde as crianças trouxeram para o altar os produtos da natureza típicos de cada bioma.
 
 Entraram a grama, lembrando os Pampas; a água, a Amazônia; o peixe e a arara, representando o Pantanal; a marola, uma fruta do Cerrado; o cacau, lembrando a Mata Atlântica e o cactus, lembrando a Caatinga.
 
Na comunhão, o Sacerdote e os ministros distribuíram o pão e o vinho consagrado a todos que se apresentaram à mesa. Ao final da  missa, pães foram abençoados e entregues a cada ministro presente e a todos que participaram.
 
 Após a comunhão, as toalhas do altar foram recolhidas, o Santíssimo levado até o Salão Santo Inácio, onde houve adoração até às 21h30, a qual prosseguiu na sexta feira na parte da manhã. A celebração da quinta-feira foi uma celebração de muita alegria, com a presença das crianças da catequese, juntamente com o grande número de pessoas presentes na celebração. Mais uma vez aprendemos as lições que a Eucaristia nos traz.
 
As fotos foram registradas pela Rami, da PASCOM, e as músicas animadas pela Pastoral da Música.