Banner
Contador de Visitas
516419


"Get the Flash Player" "to see this gallery."

JESUS É ACLAMADO PELA MULTIDÃO NA ENTRADA PARA JERUSALÉM

 
No sábado, dia 8 de abril, pela manhã um grupo de voluntárias já estava preparando  o Domingo de Ramos. Os bancos do templo, as laterais, o altar todos estavam ornamentados com palmas e ramos de Oliveiras.
 
Na parte da tarde, às 16 horas, com a benção dos Ramos, no pátio da Igreja, seguido de procissão para dentro da igreja iniciamos a caminhada da Semana Santa. No domingo, às 8 horas, às 11,30 e 18 horas as cenas se repetiram: Bênção dos ramos e palmas no pátio da igreja e seguido de uma procissão.
 
O destaque do domingo aconteceu às 9 horas, na praça da Bíblia. Com a presença das crianças da catequese e seus pais e pessoas da comunidade. Ali aconteceu a bênção dos ramos e a procissão pelas ruas até chegar a rua França Pinto. No percurso intercalaram-se cantos e  a reza de um mistério do terço, pedindo pela paz, crianças, pais, catequistas. Chegando na igreja, todos juntos entraram no templo com seus ramos  sendo acenados. Um momento realmente de muita fé.
 
Todas as missas foram presididas pelo Pe. Mário Pizetta, pároco. Os cantos animados pela Pastoral da Música, com seus diversos grupos em diferentes horários. As fotos foram registradas pela Rami.
 
O ponto central das leituras estava na narrativa da Paixão apresentada pelo evangelista Mateus. Pe. Mário, na homilia em cada missa, lembrou que o domingo de Ramos necessitava ser entendido como o antes e o depois. O antes era para considerar tudo o que Jesus havia feito.
 
O depois nascia da semana da paixão, a ressurreição. Destacou o silêncio de Jesus, sua obediência ao Pai. Relembrou  as palavras do profeta Isaias: "uma língua adestrada para dizer palavras de conforto a quem estava abatido, e um ouvido atento para ouvir, como discípulo".  Lembrou de Paulo que destacou o esvaziamento de Jesus.
 
Voltou ao evangelista Mateus apresentando  a imagem de Jesus Padecente. No final da missa de domingo, Pe. Mário agradeceu a presença significativa das pessoas na celebração.
 
PASCOM