Banner
Contador de Visitas
639438


A Vóz do Pároco

UMA EXPERIÊNCIA INESQUECÍVEL

A Paróquia Santo Inácio, assim como dezenas de paróquias do Brasil, entre os dias 16-21 de julho, viveu uma experiência inesquecível, qual seja, a Semana Missionária, ocasião em que cada paróquia recebeu jovens do mundo inteiro. Nossa paróquia recebeu para a Pré-jornada Mundial da Juventude, 33 iraquianos, destes, 3 sacerdotes e uma religiosa. Foi um momento de acolhida, hospitalidade e celebração, como nos ensinava o Evangelho do 16º Domingo do Tempo Comum (cf. Lc 10,38-42). 
 
Mesmo diante da dificuldade da língua, foi possível uma integração entre peregrinos, famílias e comunidade. Foi uma partilha de culturas diferentes. Podemos afirmar que desde os preparativos, trabalho desenvolvido pela Jéssica e o Júnior, até os mais diversos serviços prestados como:  
 
- Acolhimento nas Famílias; 
as Irmãs Paulinas, que acolheram as jovens; 
- a equipe de Voluntários, para atuarem na recepção e cozinha;
- a equipe de cantos nas liturgias;
- a presença do Pe. José Dias Goulart e do Pe. Abramo Parmeggiani;
- os gestos concretos da comunidade com preces, alimentos e valores.
 
Houve uma soma de esforços que resultou no carinho e atenção aos peregrinos. Uma vez mais a comunidade demonstrou sensibilidade, solidariedade e espírito cristão. 
 
A Pré-jornada foi um aquecimento para a semana do encontro Internacional no Rio de Janeiro entre os dias 23-28 de julho com a presença do Papa Francisco. Na abertura oficial da Jornada, no encontro com as autoridades, o Papa Francisco afirmou que é preciso "botar fé nos jovens". Afirmou ainda que “a juventude é a janela pela qual o futuro entra no mundo”.  
 
De fato, em muitas paróquias do Brasil, de modo especial a nossa, grande tem sido a preocupação com o universo adolescente e jovem. Tudo o que fizemos até os dias de hoje tem um objetivo: fazer renascer o trabalho jovem na paróquia Santo Inácio, integrando a juventude na comunidade. 
 
Quando falamos o termo renascer, queremos dizer revitalizar, reinventar, encontrar caminhos para integrar os jovens na vida paroquial. Com a Jornada Mundial da juventude, não somente a Igreja do Brasil, mas a Igreja católica do mundo inteiro pretende avançar em sua atividade pastoral buscando uma nova evangelização. As jornadas integram os jovens cristãos e são como despertadores, são verdadeiras luzes para muitos jovens: "Ide e fazei discípulos entre todas as nações" (Mt 28,19). 
 
Os jovens acabam descobrindo que em outros universos culturais também se acredita em Deus, mesmo com as diferentes formas de expressar o sagrado. 
 
No Brasil, somos cada vez mais estimulados a buscar uma renovação na ação evangelizadora de nossa Igreja. Estamos diante de um grande desafio: Repensar e renovar as paróquias. Renovar não externamente, mas internamente. Buscarmos juntos construir uma Nova Paróquia. 
 
Neste ano da fé precisamos viver um processo de transformação e conversão não apenas nas estruturas, mas também nos trabalhos comunitários. O centro da ação da Igreja é o anúncio do Evangelho e este encontra sua realização em nossas ações concretas. Dirá o apóstolo Tiago que a "fé sem obras é morta". As obras são nossos sinais, são nossas luzes, numa palavra, são o nosso testemunho concreto. 
 
Uma Nova Paróquia quer dizer: uma nova mentalidade, um novo espírito  missionário, uma ação evangelizadora mais profunda. Direcionar nossas ações evangelizadoras aos vazios da paróquia, ampliar o espírito do voluntariado comunitário, abrirmos espaços para novas expressões vocacionais. Cada cristão, como expressão desta nova mentalidade deveria descobrir um espaço em sua vida para o serviço gratuito. Redescobrir o valor do trabalho comunitário como expressão de fé na vivência da prática religiosa. Uma nova paróquia, um mundo novo se faz com renúncias e comprometimento. 
 
VAMOS JUNTOS CONSTRUIR UMA NOVA PARÓQUIA!
 
Pe. Mário Pizetta, SSP (pároco)