6 de maio – São Lúcio de Cirene, bispo

6 de maio – São Lúcio de Cirene, bispo

Existem pelo menos 22 santos com este nome. Hoje é festejado, segundo as indicações do Martirológio Romano, o mais antigo e mais desconhecido de todos: “em Cirene, na Líbia (festeja-se) São Lúcio, Bispo, de quem faz menção São Lucas nos Atos dos Apóstolos”. Na realidade esta menção é muito pouca: “Havia na comunidade de Antioquia profetas e doutores: Barnabé, Simão, cognominado o Negro, Lúcio de Cirene, Manaém, companheiro de infância de Herodes tetrarca, e Saulo”. Os exegetas da Bíblia de Jerusalém fazem notar que “os cinco aqui enumerados, profetas e doutores, representam o governo da Igreja de Antioquia.

Em Cirene nasceu também outro Lúcio, lembrado pelo Martirológio Romano a 20 de agosto. Vendo como vários cristãos eram coroados pela confissão do Senhor ofereceu-se espontaneamente, e com a decapitação mereceu também ele a coroa dos mártires. E mártires foram também todos os outros Lúcios comemorados no Martirológio, exceto aquele que é festejado no dia 3 de dezembro: “Em Coira, na Alemanha, são Lúcio, rei dos bretões, que foi o primeiro rei a abraçar o cristianismo no tempo de santo Eleutério papa”, ou seja, lá pelos fins do século II.

O Lúcio mais importante é festejado a 4 de março: “Em Roma, na via Ápia, o natal de são Lúcio I, papa e mártir, que na perseguição de Valeriano, pela fé em Cristo foi mandado primeiro ao exílio e depois por vontade de Deus obteve licença para voltar à sua Igreja. Finalmente, após ter muito lutado contra os novacianos, cumpriu o martírio com a pena da decapitação. São Cipriano depois o celebrou com louvores solenes”.

Deus, nosso Pai, fazei que o nosso viver tenha como fundamento e inspiração a vossa Palavra. Que por ela nos deixemos questionar, contestar e desacomodar. Amém.

Fechar Menu