15 de fevereiro – São Teotônio, presbítero

15 de fevereiro – São Teotônio, presbítero

Nasceu por volta de 1082, na aldeia de Tardinhade, perto de Valença do Minho, Portugal. Fez os primeiros estudos no mosteiro beneditino de Ganfei. Depois em Coimbra, estudou humanidades e teologia. Chamado para Viseu por seu tio, dom Teodorico, prior da Colegiada dos Cônegos Regrantes, recebeu nesta cidade a ordenação sacerdotal.

Mais tarde em Viseu, aceitou forçado o cargo de prior: melhorou a situação material e deu testemunho de vida que muito edificou o clero; falou muito pelo exemplo e foi excelente conselheiro espiritual para muita gente, a todos edificando. Para se desfazer do cargo de prior, empreendeu uma peregrinação a Jerusalém. Recusou o episcopado e entregou-se ao ministério da Palavra. Fundou, juntamente com 11 companheiros, nova congregação de cônegos regulares, o Mosteiro de Santa Cruz. Para isso contou com a ajuda e o apoio do rei D. Afonso I, que muito o estimava, e aos 28 de junho de 1131, foi lançada a primeira pedra. Aos 24 de fevereiro de 1132 foi eleito prior desse mosteiro, cargo que exerceu durante 20 anos, e que aos 70 anos de idade renunciou. Passou a viver, então, como simples religioso, entregue à meditação.

Faleceu no dia 18 de fevereiro de 1160 ou 1162. Seu corpo repousa no Mosteiro de Santa Cruz. Seu culto foi aprovado pelo Papa Bento XIV. Foi nomeado padroeiro principal da cidade e da diocese de Viseu.

Deus, nosso Pai, a cada um de seus filhos reservais uma parte na construção de vosso Reino de Amor. Fazei com que nossas palavras sejam benditas, glorifiquem vosso nome santo e anunciem vossas promessas de esperança e de paz. Que amemos como Jesus amou, entregando sua vida para a libertação dos oprimidos. Assim, praticando a justiça e construindo a paz, reinaremos eternamente convosco. Amém.

Fechar Menu