10 de janeiro – Santo Aldo, eremita

10 de janeiro – Santo Aldo, eremita

A história deste santo é bastante imprecisa. Sabe-se apenas que foi sepultado em Pavia e viveu por volta do ano mil. Como seu nome aparece no martirológio beneditino, acredita-se que tenha sido monge no mosteiro de Bobbio, fundado pelo irlandês São Columbano, no ano de 614, e exercesse nessa época a profissão de carvoeiro.

As duas versões são compatíveis, porquanto os monges beneditinos – originários da Irlanda, ilha dos santos, – consagravam as primeiras horas do dia à oração, entregando-se depois cada qual ao próprio trabalho, de preferência na oficina artesanal, ou nos campos e bosques (precisamente como cortadores de lenha ou carvoeiros).

Dai-nos, Senhor, nós vos pedimos, compreender que não basta professarmo-nos discípulos vossos e continuarmos com o coração trancado e a mente minada por toda sorte de preconceitos e interesses egoístas, ignorando o ardente desejo do Senhor de reunir os povos numa só família, para que haja um só rebanho e um só pastor. Amém.

Fechar Menu