10 de dezembro – Memória Facultativa de Santa Joana Francisca de Chantal, religiosa

10 de dezembro – Memória Facultativa de Santa Joana Francisca de Chantal, religiosa

Nasceu em Dijon, França, a 28 de janeiro de 1572. No batismo recebeu o nome de Joana, ao qual acrescentou o de Francisca, por ocasião de sua confirmação. Teve esmerada educação. Recusou desposar um fidalgo rico, por ser ele calvinista, mas aceitou casar-se com o barão de Chantal. Conduzida ao castelo de Bourbilly, após o casamento, a primeira ordem que deu foi a de diariamente haver missa, e de a ela assistirem todos os domésticos; por isso ocupou-se da instrução religiosa deles; ocupou-os com discrição, e os ajudou em suas necessidades com grande caridade. Nas festas e nos domingos participava da missa na paróquia. No ano de 1601 seu marido caiu doente em Paris e fez-se levar ao castelo aonde chegou nas últimas. Ficou curado, mas logo depois foi ferido acidentalmente, numa caçada, por um amigo e parente, em consequência do que veio a falecer, e santamente.

Ficou viúva, aos 28 anos, com um filho e três filhas. Sofreu muito, mas soube fazê-lo cristãmente. Fez voto de castidade e levou uma vida de profundíssima caridade, vivendo retirada do mundo e dividindo o tempo entre a oração, o trabalho e a educação dos filhos.

Em 1604, em casa de seu pai, conheceu são Francisco de Sales, bispo de Genebra. Descobriu nele o homem talhado para seu diretor espiritual. A partir daí uma profunda amizade une a ambos. O fruto espiritual dessa amizade será a Congregação da Visitação de Santa Maria, que a baronesa de Chantal fundará juntamente com Jacqueline Fabre e a senhorita Brechard.

A Ordem da Visitação começou em Annecy, sob a orientação do bispo de Genebra, e foi se desenvolvendo. Madre Chantal foi obrigada a deixar muitas vezes Annecy para ir fundar casas em diversas outras cidades, não sem muitas dificuldades e sofrimento, e até perseguições, como em Paris. Morreu em Moulins a 13 de dezembro de 1641.

Ó Deus, que ornastes de grandes méritos a Santa Joana Francisca de Chantal nos diversos estados de vida, concedei-nos, por suas preces, corresponder fielmente à nossa vocação e ser em todas as circunstâncias um exemplo para todos. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.

Fechar Menu