20 de setembro – Memória de Santo André Kim Taegón, presbítero e Paulo Chóng Hasang e seus companheiros, mártires

20 de setembro – Memória de Santo André Kim Taegón, presbítero e Paulo Chóng Hasang e seus companheiros, mártires

Nos inícios do século XVII, pelo esforço de alguns leigos, penetrou pela primeira vez a fé cristã na Coreia. Uma comunidade bem firmada e fervorosa, mesmo sem pastores, foi conduzida e animada praticamente por leigos até o ano de 1836, quando entraram clandestinamente na região os primeiros missionários, provenientes da França. Nas perseguições de 1839, 1846 e 1866, saíram dessa comunidade cento e três santos mártires.

Entre eles sobressaem o primeiro presbítero e ardoroso pastor de almas André Kim Taegón e o grande apóstolo leigo Paulo Chong Hasang; os demais são, na maioria, leigos, homens e mulheres, casados ou não, velhos, jovens e crianças, que, tendo suportado os suplícios do martírio, consagraram com o precioso sangue os ricos primórdios da Igreja coreana.

Ó Deus, criador e salvador de todas as raças, por vossa bondade, chamastes à fé a muitos irmãos na região da Coreia e os fizestes crescer pelo testemunho glorioso dos mártires André, Paulo e seus companheiros. Concedei que, pelo exemplo e intercessão deles, possamos perseverar até a morte na observância de vosso mandamento. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.

Fechar Menu