26 de março – São Ludgero, bispo

26 de março – São Ludgero, bispo

São Ludgero foi o primeiro Bispo de Münster. Nasceu em 745, em Suescnom, na Frísia, Alemanha. Pertencia a uma família nobre. Naquela época o cristianismo havia saído das fronteiras do Império Romano e chegado à Alemanha. Nesta obra missionária que atingiu o máximo desenvolvimento com São Bonifácio, encontramos empenhado São Ludgero, discípulo de São Gregório e de Alcuíno de York. Depois da ordenação sacerdotal, recebida em Colônia em 777, se dedicou à evangelização da região pagã da Frísia, onde São Bonifácio tinha sofrido o martírio.

Os métodos usados pelo Imperador Carlos Magno para evangelizar e sujeitar este povo estavam muito pouco em sintonia com o espírito do Evangelho. Em 776, durante a primeira expedição, o monarca impôs o batismo a todos os guerreiros vencidos; mas a revolta de Widukindo foi acompanhada de uma apostasia geral. Ludgero teve de fugir e depois de parar em Roma, chegou ao Montecassino, onde vestiu o hábito monacal sem, todavia, emitir os votos religiosos.

A revolta de Widukindo foi reprimida em 784 e a repressão foi dura. Rejeitar o batismo ou quebrar o jejum quaresmal eram passíveis de morte. Mas este regime de terror tornava odioso o cristianismo, que não obstante isso produzia bons frutos graças a alguns autênticos arautos do Evangelho como era o caso de São Ludgero. Carlos Magno foi procurá-lo em Montecassino, encarregando-o de retomar a missão na Frísia. Ofereceu-lhe o bispado vacante de Treves. O santo recusou. Em 795 fundou no território da Saxônia o mosteiro em volta do qual cresceu a atual cidade de Münster (mosteiro). Construiu igrejas e escolas, fundou novas paróquias e as confiou aos sacerdotes que ele mesmo havia formado. Morreu no dia 26 de março de 809 e logo depois foi venerado como santo.

Deus, nosso Pai, Jesus disse: “Não há maior amor do que dar a vida por seus amigos”. Nós vos pedimos humildemente participar da vossa amizade e nos fazer amigos uns dos outros. Amém.

Fechar Menu