23 de janeiro – Santo Ildefonso, arcebispo

23 de janeiro – Santo Ildefonso, arcebispo

Ildefonso é a forma original de Afonso, em espanhol, palavra de origem visigótica parecendo significar “pronto para a batalha”. Nascido em Toledo, Espanha, de sangue real, a 8 de dezembro de 606. Foi monge no mosteiro de Agalia, perto de Toledo. Após a morte de seu abade, elegeram-no para sucedê-lo no cargo abacial. Participou nessa qualidade dos Concílios de Toledo de 653 e 655. Em 657, morrendo Eugênio, bispo de Toledo, foi escolhido pelo clero e os fiéis, como sucessor. Unificou a liturgia na Espanha. Escreveu um belo tratado sobre a virgindade perpétua de Maria.

Faleceu no dia 23 de janeiro de 667. Seu corpo inumado na Igreja de Santa Leocádia, foi transferido, por medo dos mouros, para Zamora, onde o veneraram até 888. Em 1440, foi tirado de sob as ruínas e novamente exposto à veneração dos fiéis.

Dai-nos, ó Deus, a graça de trabalhar para que aconteça o vosso Reino de fraternidade, de justiça, de igualdade e de liberdade! Ensinai-nos, Senhor, a reconhecer que somente vós sois o Senhor e o dono de tudo o que existe acima e abaixo da terra. E que nós somos os administradores, os rendeiros e meeiros, chamados a construir um mundo onde todos tenham o que precisam, onde todos participam dos frutos do trabalho de suas mãos, onde tudo é repartido, porque tudo é dom que nos ofereceis. Amém.

Fechar Menu