18 de janeiro Santa Prisca ou Priscila, mártir

18 de janeiro Santa Prisca ou Priscila, mártir

Os dados relativos a Santa Prisca são poucos, mas segundo uma lenda, ela recebeu, aos 13 anos de idade, o batismo das mãos de São Pedro. Segundo a tradição, ela teria sido a primeira mulher a testemunhar com o martírio a própria fé em Cristo. Nas atas de seu martírio consta que ela foi decapitada por volta da metade do século I, durante a perseguição do imperador Cláudio II contra os cristãos.

No século VIII começaram a identificar a mártir romana com Prisca, mulher de Áquila, de que fala o Apóstolo São Paulo em sua Carta aos Romanos: “Saudai Prisca e Áquila, meus cooperadores em Cristo Jesus; pela minha vida eles expuseram suas cabeças. A eles agradeço, não só eu, mas também todas as igrejas dos gentios” (Rm 16,3).

Deus, nosso Pai, Santa Prisca não teve medo de confessar vosso nome. Pagou com o próprio sangue a coragem de professar a fé em vós. Também hoje o sangue do justo continua sendo derramado na luta pela justiça, pelos direitos mais sagrados dos povos e pela dignidade da pessoa humana. Inumeráveis, Senhor, são os vossos mártires, as vossas testemunhas, nessa América sofrida e humilhada, em busca de libertação e vida. Amém.

Fechar Menu