Mensagens da Semana – Julho 2012

Pensamentos da Semana – Julho 2012

Pensamentos de Santo Inácio:
– “A vitória mais bela que se pode alcançar é vencer a si mesmo”.
– “Ninguem sabe o que Deus faria de nós, se não opuséssemos tantos obstáculos a sua graça”.
– “Muita sabedoria unida a pouca santidade é preferível a muita santidade unida a pouco sabedoria”.

Assim diz o Senhor: “Comerão e ainda sobrará”, ” O homem distribuiu e ainda sobrou, conforme a palavra do senhor” (cf. 2 Reis 2,42-44). A partilha relatada no livro dos Reis neste domingo é um sinal, uma prefiguração da multiplicação  e a Ceia de Cristo.

Afirma o apóstolo Paulo: ” vos exorto  a caminhardes com a vocação a que recebestes, com toda a humildade e mansidão, suportando-vos uns aos outros, no amor. Aplicai-vos a guardar a unidade de espirito pelo vínculo da paz”(cf. Ef 4,1-3). O apóstolo Paulo nos aponta uma descoberta que todo ser humano necessita fazer: a descobeta da sua vocação. Além disso nos indica atitudes necessárias para manter a unidade e a paz.

“Vendo o que Jesus tinha realizado aqueles homens exclamavam: ” este é verdadeiramente o profeta, aquele que deve vir ao mundo” (cf. Jo 6,14). Á multiplicação dos pães foi um sinal que ele realizou. O povo para crer precisava de sinais. Jesus apresenta a eles estes sinais.

As necessidades básicas do ser humano não podem ser favores de quem tem mais,  mas direito de todo o ser humano. A sociedade humana no estabelecimento de suas  regras necessita criar condições para que todos tenham o necessário, não pode privilegiar este ou aquele. Uma das causas da violência é a falta de oportunidade para muitos, ou seja, este desiquilíbrio desenfreado que vivemos. Manipular os bens, sejam eles da natureza, bem como os produzidos por quem tem poder econômico não é de acordo com o evangelho pregado por Jesus.

Pe. Mário


“Aí dos pastores que deixam perder-se e dispersar-se o rebanho de minha pastagem, diz o Senhor”(cf. Jer 23,1-6 ).
O profeta alerta para todos que exercem responsabilidades sobre grupos humanos para que exerçam suas funções com responsabilidade pois o Senhor fará justiça.

Jesus é o verdadeiro Pastor que nos CONDUZ – GUIA no caminho seguro e nos leva a habitar na casa da felicidade pelos tempos infinitos (cf. Sl 22(23)).

O sangue de Cristo nos aproxima da paz, da unidade, nele encontramos a reconciliação e temos acesso ao Paí.(cf. Ef 2,13-18).
O homem novo está em Cristo.

“Vinde sozinhos para um lugar deserto e descansai um pouco” (cf. Mc 6,31).
Em Jesus encontramos forças para suportar os fardos que nos cansam.

A oração, a meditação e a contemplação tornam-se os grandes segredos para o fortalecimento das virtudes.
São os desertos que o homem tem medo de ir.(Cf. Mc 6,30-34)- Pe. Mário

O deserto é mais do que um silêncio, ele é o encontro consigo mesmo. Pode ser que tenhamos medo do deserto porque ele nos aponta os limites. Alías, com mais clareza enxergamos as possibilidades quando reconhecemos os nossos limites.

Pe. Mário


O profeta é um homem de Deus, embora possa sofrer rejeição, ele precisa ter coragem, ousadia e não temer. O Senhor está com ele (cf. Ez 2,2-5)

“Basta-me a minha graça. Pois é na fraqueza que a força se manifesta” (cf. 2Cor 12,7-10).

“Quando me sinto fraco, então é que sou forte, é nas fraquezas que busco a força de Deus” (2Cor 12, 7-10).

“Um profeta só não é estimado em sua pátria, entre seus familiares (Mc 6,4s).

Vamos trabalhar para ter uma mente sábia e um coração sensível as necessidades do irmão. Quanto mais temos Deus dentro de nós mais enxergamos as necessidades do outro. (Pe. Mário)

O espirito missionário nasce do encontro com Jesus. Da eucaristia emana todas as luzes para nossa ação evangelizadora.( Pe. Mário)

O profeta está a serviço de Deus não dos interesses dos homens, por isso sua árdua missão é denunciar tudo o que é contrário ao projeto de Deus em relação a criatura Humana e a construção do reino de Deus

Pe. Mário


“Vai profetizar para Israel, meu povo” (Am 7,15b).

Quando o homem escuta o profeta de Deus se realizam : “A verdade e o amor se encontrarão, a justiça e a paz se abraçarão, da terra brotará a fidelidade e a justiça olhará dos altos céus”( cf. Sl 84).

Nossa eterna gratidão a Deus ” porque Ele nos abençoou, escolheu antes da criação do mundo, predestinados a sermos seus filhos adotivos e no seu sangue perdoados de nossos pecados. Em Cristo nos fez conhecer o mistério de sua vontade e por fim o selo do Espirito Santo penhor da herança eterna” ( cf. Ef 1, 3-14).

O missionário, assim como o profeta, é um homem escolhido e enviado por Deus para levar a todas as pessoas a Palavra de Cristo a humanidade. Os (As) missionários(as) precisam ser homens ou mulheres totalmente livres, ousados, corajosos e despreendidos de tudo (cf. Mc 6,7-13).

Uma paróquia que se esforça para viver permanentemente o espírito missionárió torna-se uma paróquia dinâmica e no espirito nascente da Igreja, portanto, uma comunidade sempre aberta a ação do Espirito que conduz nossos caminhos. ( Pe. Mário)

Pe. Mário Pizetta ssp
Pároco


Fechar Menu